terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Uma faxina interior.
Minha nova meta.
Abrindo a caixa das lembranças, que a tempo esta guardada , escondida, para de proteger do meu passado. E jogando o desnecessário  Entre dores e amores, deixo apenas o que nutrir em mim bons sentimentos. Entre amigas , deixando somente as que nunca me deixaram.
Me desfazendo do meu ontem , para ainda mais leve, criar o meu amanhã.
E na mala levando apenas saudades do que já fui. Os sorrisos que já dei. Os amores que já tive. Mas retirando todo o peso que me impedia de ser alguém , maior , melhor.
Mala vazia, pronta para encher novamente.

E.

Nenhum comentário:

Postar um comentário