terça-feira, 3 de julho de 2012

E eu, finalmente, deixei de ter pena de mim por estar sem você e passei a ter pena de você por estar sem mim. Coitado.
(Tati Bernardi)

Nenhum comentário:

Postar um comentário