quinta-feira, 12 de janeiro de 2012


Tem dias que nada me faz feliz. Nem um passeio com os amigos. Nem o sorriso mais sincero do mundo, pode ser hipocrisia ou uma afirmação sem fundamento, mas a impressão que dá é essa. Que tudo não passa de rotina, coisas que querendo ou não aconteceriam. Seja pra me fazer bem ou por acontecer mesmo; Deve ser por isso que não me afeta, não gosto de nada rotulado, eu curto coisas espontãneas e creio que você também pensará que sim, mas querendo ou não ja sorriu com algo predestinado. É estranho pensar em só sorrir com coisas espontãneas, mas eu não falo de SORRIR, falo de realmente me sentir feliz, porque hoje em dia o que mais se vê por aí são sorrisos sem risadas, sorrisos externos se é que vocês me entendem.
   (Glorinha Romão)

Nenhum comentário:

Postar um comentário