sábado, 17 de dezembro de 2011

Eu e essa minha mania ridícula de ainda me importar com o que você acha , fala , pensa e faz.
Não sei quem é o mais idiota , você por me perder assim , ou eu , por ainda te querer assim.
Mesmo com as magoas , mesmo com as feridas , o amor parecer ser maior.
A sua falta é mais sentida que qualquer ferida causada pela sua presença .
O meu amor não mede mais suas palavras , o meu amor hoje acredita no seu olhar , que incrivelmente ainda me diz muito , e me diz muitas coisas boas.
(Elline Fortaleza)

Nenhum comentário:

Postar um comentário