segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Ninguém mais rouba meu tempo, meu amor. Voltei, enfim, pra minha posição preferida: defensiva total. Ninguém me invade, não deixo. Se der mole, eu expulso. Se for gol, eu marco impedimento. Sou a juíza meu bem, só joga quem pode, quem aguenta. Jogador a menos pra mim não faz falta. Beijos, fui viver.
(Tati Bernardi)

Nenhum comentário:

Postar um comentário