terça-feira, 18 de outubro de 2011

                                              


“Sabe, para mim a vida é um punhado de lantejoulas e purpurina que o vento sopra. Daqui a pouco tudo vai ser passado mesmo – deixa o vento soprar, let it be, fique pelo menos com o gostinho de ter brilhado um pouco… ”

(Caio Fernando Abreu) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário