terça-feira, 4 de outubro de 2011

É perdendo o apoio que a gente descobre que o resto do mundo não para só porque nosso mundo parou. A gente vai aprendendo a viver assim, na marra, no grito, no sufoco, no impulso.
(Verônica Heiss)

Nenhum comentário:

Postar um comentário