quarta-feira, 12 de outubro de 2011

De você eu já não sei



O tempo passa e o brilho dos teus olhos não volta mais. 
Você não mostra mais o mundo gira e por causa do seu orgulho você n volta atrás. Do que adianta ser um namorado perfeito, se não sou o teu desejo.
Do que adianta aceitar teu jeito, se estou a mil milhas do seu beijo.
Você vive sofrendo por aí talvez seja a sua vez, mas eu não consigo rir sabendo que sofre por querer é estupidez.
Eu quero ver aonde você vai parar, como vai acabar, se vai mudar
se a gente vai voltar ou vamos morrer sufocados sem poder amar.
Pois de você eu já não sei, mas eu não consigo controlar meu batimentos cardíacos.
De você eu já não sei, mas eu não consigo parar de escrever versos ridículos sobre anos passados, e sentimentos empedrados.
Pois de você eu já n sei.
(Junyor Owen)




2 comentários:

  1. Adorei o seu blog, você tem a seleção exata de coisas que mexem com a emoção da gente.
    Parabéeens *-* E seja sempre bem vinda ao meu blog :)

    ResponderExcluir
  2. obriiigado , :D
    voce também , seja muito bem vinda !

    ResponderExcluir