sexta-feira, 15 de julho de 2011


"Um, dois , e ... 

quando me dou conta,já fui, mejoguei antes decontar até três, disse o que não era para ser dito, fiz coisas que não era para ter feito.
Me arrebento rápido, nem dóide tão ligeiro.
Mentira, dói de qualquer jeito. "
(Martha Medeiros)




Nenhum comentário:

Postar um comentário