domingo, 10 de julho de 2011

Tô esperando na varanda. Tô te esperando pra ser o teu refúgio, o teu abrigo, o teu colo. Tô te esperando pra ser teu sorriso, tua alegria, e as mãos que enxugam tuas lágrimas. Tô te esperando pra ser tua paz, teu calor, teu aconchego. Tô te esperando pra não falarmos nada, e deixar só o abraço e os soluços dizerem o que sentimos. Tô te esperando pro recomeço.
(Carolina Rosseto)

Nenhum comentário:

Postar um comentário