sábado, 16 de julho de 2011

Frequentemente me assusto, pensando que a vida vai acabar sem que eu encontre um grande amor.

Tudo bem: Não é a primeira vez que você se sente tão perdida, usada, burra e sozinha.

É como se mil pessoas se importassem com você, menos uma. E, de alguma forma, era a única que você necessitava que se importasse.

Eu não quero que seja pra sempre, nem que seja o certo. Só quero que seja

Isso de escolher qual cara eu vou vestir hoje fode com tudo.

(Caio Fernando Abreu) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário