sábado, 9 de julho de 2011


"Eu estava a ponto de sentar numa daquelas calçadas tortas,(...)

enterrar a cabeça nas mãos e chorar e chorar pelo tempo perdido,
pela falta de sentido, pela minha derrota."
(Caio Fernando Abreu)

Nenhum comentário:

Postar um comentário