sábado, 9 de julho de 2011


"... uma solidão de artista e um ar sensato de cientista.[...] tem aquele gosto doce de menina romântica e aquele gosto ácido de mulher moderna."
                                                                                                                           (Caio Fernando Abreu)

Nenhum comentário:

Postar um comentário