sábado, 30 de abril de 2011

Mais uma vez.

E lá estou mais uma vez com sorrisos pela metade, felicidade pela metade, amores pela metade. Acho que preciso de alguém  para que eu possa me sentir mais uma vez inteira. Mais é complicado, me completar, pois a minha metade tem defeitos que eu não posso expor, e qualidades tão normais, que se tornam monótonas.
Eu preciso de alguém que não aceite a todos os meus pedidos, e que sempre dificulte o meu lado. Estranho, mais é a dificuldade que me agrada, pois o que vem fácil vai mais fácil ainda. Eu preciso de sorrisos inteiros e sinceros, não essa coisa forçada que vejo no rosto desses casais que empurrar o relacionamento com a barriga pro resto da vida. Preciso de alguém, que somente com um olhar me faça sentir a mulher mais amada.  Eu preciso de alguém que possa aceitar os meus defeitos, e não tente melhorá-los, são os meus defeitos que fazem ser o que sou. Assim mesmo, confusa e insensível.
(Elline Fortaleza)

Nenhum comentário:

Postar um comentário