sexta-feira, 8 de abril de 2011

Existe um pedaço de mim que te procura
loucamente, que quer sentir seus beijos, sentir seus abraços e criar mais uma vez, nem que seja por instantes, um futuro para nós dois. Mais o outro pedaço, te odeia te detesta, e sente vontade de vomitar ao lembrar-se de tudo que você já fez, e jogou a culpa no amor, esse meu lado do ódio alimenta-se cada vez mais, quando me lembro das inúmeras juras de amor, e dos milhões de futuros que você me ofereceu, esse lado meu, alimenta-se das suas palavras sem escrúpulos, e dos seus sentimentos estúpidos e totalmente egoístas. Não, eu não te odeio, eu
odeio o fato de te amar tanto assim, mesmo quando o lado que te odeia , é mais que o dobro do lado que te ama.
(Elline Freitas)

Nenhum comentário:

Postar um comentário