sexta-feira, 25 de março de 2011

Ser mãe.


Ela veio aqui e me assustou dizendo que criaria asas. Confesso que  hesitei  , e tremi por instantes, minhas pernas tremeram e sentei assustada . Afinal, ser mãe é como criar asas, você tem que fazer coisas impossíveis para seu filho, entre tais coisas voar é uma delas. Era um anjo imaturo, 17 anos. Sim mãe aos dezesseis  anos. E a parti daquele instante noticiou que dentro dela carregava um ser, puro, lindo e tão pequeno, tão frágil, que todo cuidado era pouco. São novas experiências que minha amiga irá enfrentar, são novos aromas que irão penetrar nas suas veias, é um amor, um novo amor, sem fronteiras sem limites que ela irá receber. Melhor dizendo, recebeu. Um lindo anjo, de sorriso fácil e sonos encantadores.
Deus não podia estar em toda a parte, por isso deu a ela o prazer de ser mãe! 

(Elline Fortaleza)  


Nenhum comentário:

Postar um comentário