domingo, 27 de março de 2011

Sempre me senti uma idiota quando entrava no ônibus e começava a rir sem motivos. Sem motivos externos e evidentes, por que dentro de mim havia um picadeiro com feras indomáveis e um globo da morte assustador, onde as minhas sensações giravam como aquelas motos que de ponta cabeça arrancam suspiros da platéia. Dentro do meu globo da morte, as minhas sensações e emoções giram e de ponta cabeça me enlouquecem. Na minha mente, as feras indomáveis são os seus sentimentos, que me atraem e me excitam levando-me a crer que poderia te domar facilmente como aqueles leões.
E por mais idiota que eu fosse dentro de mim existia um espetáculo que facilmente me arrancava sorrisos e suspiros fáceis, sobre os quais eu não tinha controle algum. Assustador.

(Elline Fortaleza)

Nenhum comentário:

Postar um comentário