sábado, 26 de março de 2011

Algumas lágrimas em vão.

Quer saber o que eu realmente penso sobre você ?
Ta, não vou menti no começo eu achava uma gracinha quando você me chamama de amorzinho, florzinha, benzinho, lindinha.
Sabe o que eu acho hoje?
Você me tratava no diminutivo somente para esconder dos outros o meu tamanho. Ele sempre te amedrontou.
Eu sei por que você me pegava pelas costas e me abraçava com beijos arrepiantes  no pescoço, por que não tinha coragem de me olhar de frente e encarar o grande problema que estupidamente aceitava tudo isso.
Quer saber o que acontece assim que deito? – É eu choro sim, não por ter perdido você, e sim por ter perdido tanto tempo da minha vida com você.

(Elline Fortaleza)

Nenhum comentário:

Postar um comentário