terça-feira, 19 de janeiro de 2016

36 coisas que eu gostaria que a minha amiga com ansiedade soubesse.

1 - Quando você pensa que eu te acho louca, eu tô achando bom que tem alguém como eu.

2 - Eu nunca sei quando a sua ansiedade vai atacar, quando isso acontecer, eu estarei aqui.

3 - Nós nunca podemos fazer planos, não devido a sua ansiedade e sim devido a minha preguiça.

4 - Quando você se isolar, eu vou aparecer com torta de romeu e julieta e entrar na sua bolha.
5 - Respirar fundo é o caralh** o negócio  chegar rumando logo.

6 - Eu não tenho paciência. Mas pra você eu tenho até dinheiro sobrando.

7 - Quando tudo está bem, a gente sabe que vai dá merda. Eu estarei aqui.

8 - Eu não me incomodo com o seu silêncio, sei que é nele que você se acha.

9 - Eu confio em você, em tudo que você é.

10 - Eu tenho medo de perguntar se está tudo bem. Tenho medo que você minta pra me confortar.

11 - Eu tenho medo que você desista.

12 - Meu único plano com você, que você não pode mudar aos 45 do segundo tempo, é te fazer bem, o minimo que seja.

13 - Não deixe de confiar em mim.

14 - Quando eu me calo, eu quero respeitar o seu silêncio.
15 - Quando você se cala, eu queria ler seus pensamentos.

16 - Eu me importo com você, mais do que comigo.

17- "Se você for eu vou".

18- Você não precisa de cura, você tem amor.

19 - O problema não é você, eles lá fora, que são ruins demais.

20 - Eu tenho medo de te perder.

21 - Eu não consigo me divertir enquanto você está triste.

22- Você faz com que eu seja uma pessoa melhor.

23- Você é tão louca quanto eu, isso é maravilhoso.

24-  Não me deixe.

25- Eu sempre posso.

26- Eu vou.

27- Nós vamos.

28- "Vamo é ficar em casa"

29- Eu vou te convidar pra todos os lugares que eu for.

30 - Ainda existe gente sincera. 

31 - Eu me controlo pra não dizer "vai ficar tudo bem", mas, mentalizo isso, peço isso, desejo isso, acredito nisso.

32- Eu te abraço e peço pro gênio da lâmpada me passar as suas dores.

33 - Eu não faço a miníma ideia do que você ta sentindo, mas eu queria saber, pra poder te ajudar.
34- Eu me sinto muito bem quando você me procura pra te ajudar.

35- O seu sorriso, acalma meu coração.

36- Sorria.

37- Eu te amo. (Não sou/somos obrigadas a seguir as regras)


sábado, 2 de março de 2013


"Em meio a tantos olhares vazio. Um olhar rico.
São tantos sorrisos usados apenas para manter a boa aparência. O seu me surge cheio de encantamento.
São tantos corações vazio. Mesmo com tantas confusões o seu é repleto de bons sentimentos."
(Elline Fortaleza)

"E no meio dessa merda toda, de vez em quando, aparece alguém de verdade." 
                                                                                                             (Tati Bernardi)


terça-feira, 26 de fevereiro de 2013



(...) Mas, detalhe: não vive quem se economiza, quem quer felicidade parcelada em 24 vezes sem juros. Aliás, ser feliz nem está em pauta. O que está em pauta é a busca, a caça incessante ao que nos é essencial: ter paixões e ter amigos. O grande patrimônio de qualquer ser humano, quer ele perceba isso ou não.

(Martha Medeiros)

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013


A história de um coração: 

Apertado. Pequeno. 
Sufocado.
Gritando.
Pulsando.
Sentindo.
Chorando.

(Elline Fortaleza) 


Em certos dias eu não sei jogar esse jogo chamado vida. Eu caio, despenco, choro no canto, no escuro.
Em certos dias um vazio me envolve, me ensurdece, me deixa distante e bem sensível.
Nesses dias eu fico no automático. Sorrisos, trabalho, família, tudo fluindo sem grandes esforços ou desejos de superação.
Um dia a armadura de força, esperança e bom humor cai ao chão e eu fico totalmente vulnerável.
Qualquer dor vira a maior das dores, qualquer carinho transforma-se no carinho do século e as esperanças e desejos atingem seu ápice ou caem por terra junto com a moça inatingível.
Não sei ser meio, não sei sentir pouco, gostar metade, lutar só um 'cadin'...eu me entrego a tudo que quero, desejo, busco.
E sinceramente já não sei o quanto isso é bom.

Alice A.


terça-feira, 29 de janeiro de 2013


As vezes gosto do meu canto, debaixo de uma casa sem telhado, em cima de um muro sem tijolo. Gosto do canto sem rima, gosto da rima sem ritmo. As vezes, sem querer gosto da vida e dos prazeres que ela me serve. Gosto do serviço sujo, do proibido. Principalmente do escondido. Gosto da leveza do mar, da claridade do sol, do brilho da lua. Gosto daquelas frases de clichê. Precisamente a "te amo" ou a "nunca vou te esquecer". Gosto quando esqueço sem querer já querendo. Gosto de usar você. Gosto de te fazer de vítima e ser a vilã. Gosto de ser amada e não amar. Gosto da luz, mas prefiro o escuro. Todos dizem que é mais gostoso. Gosto de você mas prefiro a mim!


Jaqueline Fortaleza

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013



Senti saudades de você quando mais te tinha, senti meu coração acelerar e a mão gelar, o gosto arrependido do beijo, o quente do desejo e você estava ali, bem do meu lado.
Tinha o desejo de te ter pra sempre, mas um sempre de maneira bem sincera, um pra sempre que sempre tem outros sempre. Um arder de paixão, de momento. Um arder que me faz pensar em querer te ver segurando a minha cintura num domingo a tarde. Deitar em seu colo numa segunda a noite e esperar a noite do sábado, seja lá esse chuvoso ou ensolarado mais você estaria ali, se apoiando em mim.

Jaqueline Fortaleza